Finanças

Ibovespa abre negociações do dia em alta de 1,18%

Crédito: Divulgação

Bolsa de Valores de São Paulo, no centro da capital paulista (Crédito: Divulgação)


A Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, abriu o pregão desta quarta-feira (25) oscilando entre perdas e ganhos e às 10h30 operava em alta de 1,18%, aos 70.549 pontos.

Para a surpresa dos analistas, o Ibovespa, principal índice da B3, disparou e fechou as negociações de ontem (24) em alta de 9,69%, aos 69.729 pontos. Ainda assim, o índice acumula queda de 39,7% no ano.

+ Governadores que tiveram audiência com Bolsonaro dizem que ele omitiu opinião
+ Serviços têm alta de 0,6% de dezembro para janeiro, diz IBGE
+ Dólar opera em leve alta de 0,1%, negociado a R$ 5,08

No Brasil, o mercado está atento às repercussões do discurso do presidente Jair Bolsonaro, na noite desta terça-feira. A fala foi mal digerida entre as principais lideranças do mundo político e na internet. Bolsonaro convocou chamada em rede nacional para minimizar os efeitos do coronavírus no Brasil e no mundo e voltou a chamar a pandemia de “gripezinha”, além de criticar o fechamento de escolas e do comércio em todo o País.

Em tom agressivo, foi na contramão de tudo o que o ministério da Saúde vinha propondo até o momento. Hoje pela manhã, o presidente disse que dará uma ordem para que apenas idosos e portadores de comorbidades.

Já são mais de 2.271 casos registrados no País, com 47 mortos.

O pacote do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também deve aquecer o mercado de ações no Brasil. Estimado em mais de US$ 2 trilhões, o plano de injeção econômica na América do Norte foi aprovado no Senado, durante a madrugada, após uma extensa negociação que vem se arrastando desde a semana passada.