Geral

Hospital João XXIII atende vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho

O Hospital João XXIII, ligado à Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), informou que, às 15 horas, duas vítimas do rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, do sexo feminino foram atendidas no local. A unidade disse que elas estão conscientes e o estado de saúde é estável. As pacientes passam por avaliação.

O hospital acionou um plano de atendimento para múltiplas vítimas de catástrofes. Hoje “casos não relacionados a esta tragédia serão encaminhados para outras unidades de emergência para que sejam priorizadas no hospital as vítimas do acidente”, solicitou, em nota, a diretoria do hospital.

Segundo a Fhemig, pacientes da Casa de Saúde Santa Izabel, localizada em Betim, foram transferidos para alas mais seguras como medida preventiva caso o volume do rio aumente. A ação faz parte de um plano de contingência de enchentes feito em parceria com a Defesa Civil.

Inhotim

O Inhotim informou que as instalações do museu não foram atingidas e que, “em solidariedade ao município e a todos os atingidos”, não vai funcionar neste fim de semana. A data de reabertura ainda será divulgada.

Tópicos

barragem hospital MG