Giro

Hospital de campanha de Heliópolis será reaberto; Estado ganhará mais 756 leitos

Crédito: Arquivo Agência Brasil - Rovena Rosa

O índice de ocupação de leitos na rede paulista, em hospitais públicos e privados, é de 71,1% (Crédito: Arquivo Agência Brasil - Rovena Rosa)

O Estado de São Paulo está abrindo 756 leitos extras – 306 serão de UTI e 450 de enfermaria. O hospital de campanha de Heliópolis, dentro do prédio do Ambulatório Médico de Especialidade (AME) Barradas, na zona sul da capital, com 24 leitos de UTI, desativado em setembro, será reaberto. Além disso, cirurgias eletivas estão sendo canceladas.

“Precisamos e estamos aumentando o número de leitos de unidades de terapia intensiva e de enfermaria”, disse o secretário da saúde, Jean Gorinchteyn. O índice de ocupação de leitos na rede paulista, em hospitais públicos e privados, é de 71,1%.

+ Diretora da vigilância em saúde do Amazonas morre em decorrência da covid-19

+ Brasil rapidamente será o 2º país com mais vacinados no Ocidente, diz Pazuello



“Estamos monitorando diariamente a situação na região e em todo o Estado, cientes de que precisamos agir rapidamente para que a rede hospitalar possa enfrentar o recrudescimento da pandemia. Diante do cenário epidemiológico em todo o mundo, decidimos ampliar leitos nos nossos serviços”, afirmou Gorinchteyn. Segundo o governo, mais de 6 mil leitos de UTI estão ocupados no Estado.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel