Honda aproveita a força dos ventos

Honda aproveita a força dos ventos

Não basta que um veículo automotor funcione de forma sustentável. É importante que sua fabricação também seja. Esse é o caminho adotado pela Honda Automóveis do Brasil que, por meio de sua subsidiária, Honda Energy, iniciou obras de expansão do parque eólico da marca, localizado na cidade de Xangri-Lá (RS). A companhia já tem nove aerogeradores capazes de gerar 85.000 MWh/ano de eletricidade. Em cinco anos de funcionamento o sistema contabiliza cerca de 366 MWh de energia limpa produzida, evitando a emissão de 30 mil toneladas de CO2. A previsão é de que as obras de ampliação sejam concluídas no segundo semestre deste ano. Será implantada uma nova torre com capacidade de gerar 3,8 MW, 23% superior aos geradores atuais. Com a obra, a Honda passará a suprir a demanda energética de sua segunda fábrica de automóveis, em Itirapina (SP), assegurando que a produção da marca no Brasil seja, em sua totalidade, com energia limpa e renovável.

(Nota publicada na edição 1158 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Meninas entram no mundo da robótica

O projeto As Donas da Robótica, do Instituto Francisca de Souza Peixoto, foi aprovado para receber aporte do Fundo da Infância e [...]

Sem trabalho infantil

É difícil encontrar alguém que não goste de chocolate. Mas há um problema por trás de sua produção que muita gente não imagina. A [...]

Energia limpa e 60% nacional

A turbina eólica Cypress, fabricada pela GE Renewable Energy, obteve o código Finame depois de o BNDES aprovar o credenciamento do [...]

Iberostar investe na economia circular

O grupo espanhol Iberostar, com três resorts no Brasil – dois na Bahia e um no Amazonas –, colocou a economia circular no centro de sua [...]

Suporte é ferramenta para evitar acidentes ambientais

Nos meios produtivos, o cumprimento de exigências ambientais depende muito da qualidade e do uso correto de determinados dispositivos. [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.