Giro

Home office em prédio sem energia

A diretora de vendas Luciana Paranhos teve a rotina completamente alterada com a chuva que paralisou São Paulo nesta segunda-feira, 10. Moradora da região da Pompeia, na zona oeste de São Paulo, ela ficou sem energia elétrica a partir das 5 horas. “O prédio está funcionando com gerador, mas a energia deve acabar logo”, contou. Ela foi liberada pela empresa para trabalhar em home office.

A motorista que faz o transporte da filha, Beatriz, de 13 anos, que estuda em um colégio na região da Avenida Paulista, cancelou o serviço. “Ela não estava conseguindo cruzar as marginais e ficou presa na rua”, disse. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel