Mercado Digital

Holding Sirius XM compra Pandora Radio e se torna maior empresa de entretenimento de áudio do mundo

A holding especializada em serviço de assinatura de rádio para carros compra Radio Pandora, uma das maiores empresas da rádio online do mundo

Holding Sirius XM compra Pandora Radio e se torna maior empresa de entretenimento de áudio do mundo

A holding de rádios via satélite Sirius XM, anunciou nesta segunda-feira (24) a compra da Pandora Radio, empresa de rádios online e serviço de streaming de música e podcasts. A fusão resultará na criação do maior conglomerado de áudio do mundo. A Sirius desembolsará US$ 3,5 bilhões para a aquisição, que será feita a partir da compra de todas as ações da Pandora.

Como de praxe em situações de fusão e aquisição, a Pandora estará aberta para outros compradores que oferecerem um valor por ação maior que o acordado com a Sirius, que foi de US$ 10,14 por papel. O valor é 13,8% que a média de 30 dias dos preços dos ativos. Após a notícia, as ações da Pandora subiram 8,6%, enquanto a Sirius XM viu queda de 2,3%. Segundo executivos da empresa, as duas marcas continuarão a existir, porém, com administração conjunta.

A Pandora vinha sofrendo problemas financeiros por conta de serviços de streaming como Spotify e Apple Music, que abocanharam grande parte do mercado de música digital. Já a aquisição da Sirius XM representa uma decisão estratégica da empresa para entrar na internet, uma vez que o grosso de seu serviço se baseia em serviço de assinatura para rádios via satélite em carros. Enquanto a Sirius poderá usar a base de clientes da Pandora, a empresa recém comprada terá todos os recursos disponíveis para expandir e eventualmente modificar seu modelo de negócios. Juntas, elas tem mais de 100 milhões de usuários por mês.

“Acreditamos que esta é uma oportunidade importante para gerarmos valor para ambas as marcas, uma vez que são negócios complementares. A adição da Pandora diversificará os lucros de stream da Sirius XM e aumentar nossas capacidades técnicas. Ela representa um passo adiante nos nossos esforços para sair dos carros e atingir novos públicos”, declarou o CEO da Sirius XP, Jim Meyer.