Negócios

Heineken: três cervejarias já trabalham com energia renovável, diz empresa

Crédito: Divulgação/Heineken

A meta da Heineken no Brasil é que toda a produção e o envase das cervejas sejam supridos por energia 100% renovável até 2023 (Crédito: Divulgação/Heineken)

O Grupo Heineken anunciou que a produção brasileira passa a ser feita com energia 100% renovável nas cervejarias de Alagoinhas (BA), Araraquara (SP) e Ponta Grossa (PR). De acordo com o grupo, a energia renovável será responsável pelo funcionamento de todo o processo produtivo e de envase nessas três fábricas dos produtos da marca Heineken, incluindo Heineken 0.0.

Para a geração de vapor de suas caldeiras de biomassa, a Heineken vai utilizar cavacos de madeira proveniente de reflorestamentos certificados e biogás gerado durante o processo de tratamento dos efluentes da cervejaria.

+ Grupo Heineken investe R$ 1,8 bi em MG para ganhar mercado premium
+ Heineken tem queda de 76% no lucro até setembro e ação cai 4% em Amsterdã

Além disso, as três fábricas que alteraram o processo de caldeiras também são abastecidas com energia elétrica renovável.



O Grupo Heineken no Brasil pretende, até 2023, que toda a produção e o envase das cervejas sejam supridos por energia 100% renovável.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago