Giro

Harry e Meghan, um casal moderno incomodado com as pressões da realeza

Ele foi um playboy convicto até sossegar. Ela, uma descolada atriz californiana que precisou se adaptar quando virou duquesa. Harry e Meghan se mostraram desde seu casamento incomodados com as obrigações impostas à família real britânica.

Em 8 de janeiro, os dois sacudiram a monarquia com o anúncio da decisão de renunciar às funções de membros de primeiro escalão da casa real e buscar progressivamente sua independência financeira.

Após uma semana de negociações em caráter privado, o Palácio de Buckingham anunciou neste sábado (18) que, como parte do acordo, ambos renunciam ao título de alteza real e vão deixar de receber dinheiro dos cofres públicos.

“Reconheço os desafios que tiveram que passar como resultado do intenso escrutínio nos últimos dois anos, e apoio seu desejo de levar uma vida mais independente”, explicou em outro comunicado a própria rainha Elizabeth II.

– Modernidade e Instagram –

Graças à imagem de modernidade, frescor e compromisso com causas sociais, o jovem casal obteve, desde sua boda em 2018, enorme popularidade: abriu uma conta no Instagram em 2 de abril e em menos de seis horas alcançaram seis milhões de seguidores, batendo um recorde mundial.

Mas nos últimos meses, não deixaram de expressar seu incômodo com o estrito estilo de vida imposto aos membros da realeza britânica, observados com lupa pela imprensa sensacionalista, habitualmente impiedosa com jovens que romperam os moldes tradicionais.

– De farrista a pai de família –

“Os dois adoram querer mudar as coisas para melhor”, afirmou recentemente o príncipe, que antes de sossegar era conhecido como o membro mais disperso e problemático da família real.

Muitos ainda guardam na memória a imagem do adolescente de olhar perdido que caminhava ao lado do irmão mais velho, William, seguindo o caixão da sua mãe, a princesa Diana, pelas ruas de Londres, em 1997.

Quando Harry nasceu, em 15 de setembro de 1984, era o terceiro na ordem de sucessão, uma posição que exigia um comportamento exemplar.

No entanto, o agitado ruivo admitiu aos 17 anos ter fumado maconha e seu gosto por festas regadas a álcool o transformou em uma das personalidades favoritas da imprensa sensacionalista.

Os tabloides publicaram inúmeras fotos do jovem príncipe, frequentemente na saída de bares de discotecas e na companhia de belas jovens aristocratas ou de sua namorada em vários períodos, a zimbabuana Chelsy Davy.

Em 2005 cometeu um grave erro, ao aparecer em uma festa à fantasia vestido de oficial nazista. Após aquele escândalo, o esportista, apaixonado pelo rúgbi, entrou na prestigiosa academia real militar de Sandhurst.

Em 2008, após uma indiscrição da imprensa, soube-se que estava em missão no Afeganistão, razão pela qual todo o país acompanhou sua decepção quando teve que ser repatriado emergencialmente por razões de segurança.

A partir dali, começou a emplacar sucessos na mídia como quando foi padrinho no casamento do irmão, em 2011, ou quando um ano depois presidiu a cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Londres.

– De atriz a duquesa –

Mas o que parece tê-lo transformado definitivamente foi conhecer a atriz Meghan Markle em 2016.

Filha de Thomas Markle, diretor de iluminação de TV que ganhou um Emmy por seu trabalho na série “General Hospital”, e de Doria Ragland, assistente social e professora de ioga, Meghan nasceu em 4 de agosto de 1981 em Los Angeles.

Descende, por parte de mãe, dos escravos negros das plantações de algodão da Geórgia, no sul dos Estados Unidos. Por parte de pai, é descendente do rei Robert I, da Escócia, que reinou entre 1306 e 1329.

Seus pais se separaram quando ela tinha dois anos e se divorciaram cinco anos depois.

Markle formou-se em teatro e relações internacionais na Northwestern University, perto de Chicago. Após a formatura, estagiou por seis semanas na embaixada americana na Argentina.

Ela alcançou a fama graças à televisão, atuando na série “Suits”, sobre um escritório de advogados de Nova York.

Antes de se casar com Harry, Meghan foi casada com o produtor Trevor Engelson, de quem se divorciou após dois anos.

Velhos amigos a acusam de tê-los deixado de lado à medida que foi subindo na vida, e seus dois meio-irmãos, que não foram convidados para seu casamento, desferiram críticas ferozes contra ela, sugerindo que ela se envergonha deles. O pai, que tampouco esteve presença na cerimônia, ocupou as capas de veículos de comunicação de todo o mundo, após se dispor a passar fotos para paparazzi.

Desde que se tornou a duquesa de Sussex, Meghan, que cultivava um estilo informal californiano, com shorts e sandálias, teve que se acostumar às regras do vestir da monarquia britânica: meias na cor da pele ou neutra, esmaltes em tons discretos e vestidos abaixo dos joelhos.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?