Giro

Hamas e Fatah se comprometem a ‘se unir’ contra projeto israelense de anexação

Hamas e Fatah se comprometem a ‘se unir’ contra projeto israelense de anexação

Manifestação contra o projeto israelense de anexação de parte da Cisjordânia, organizada pelo Hamas, em 17 de junho de 2020, em Gaza - AFP/Arquivos

O Hamas e o Fatah se comprometeram, nesta quinta-feira (2), a se unir contra o projeto de anexação israelense de zonas da Cisjordânia ocupada, durante uma incomum entrevista coletiva conjunta dos partidos palestinos rivais.

“Vamos implementar todos os mecanismos para garantir a unidade nacional” contra o projeto israelense, afirmou o secretário-geral do Fatah, Jibril Rajub.

Ele disse se expressar em uma “única e só voz” nesta conferência com Saleh al-Aruri, dirigente do Hamas, que falou de Beirute, por vídeo.

“Afirmo que a posição da direção do Hamas é pelo consenso nacional. Esta entrevista coletiva conjunta é, por sua vez, uma oportunidade de iniciar uma nova etapa a serviço do nosso povo neste momento perigoso”, acrescentou Aruri.

O Fatah, partido laico no poder na Cisjordânia, e o Hamas, movimento islamista no poder na Faixa de Gaza, enfrentam-se desde 2007. Naquele ano, o Hamas assumiu o controle desse enclave palestino, ao fim de uma quase guerra civil um ano após ter vencido as eleições legislativas.

Dos manifestantes palestinos ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, os apelos se multiplicaram para pedir ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que abandone seu projeto de anexação na Cisjordânia. Este plano estenderia as “fronteiras” de Israel, com o risco de um novo conflito na região.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?