Política

Haddad diz esperar uma declaração ‘dura’ de apoio de Ciro Gomes

A menos de 48 horas do início da votação de segundo turno nas eleições 2018, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, afirmou nesta sexta-feira, 26, esperar uma declaração “dura” de apoio do ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), a seu favor na disputa contra o rival Jair Bolsonaro (PSL).

O pedetista ficou em terceiro lugar no primeiro turno de votação. Em seguida, viajou para a Europa. O retorno ao Brasil está previsto para esta sexta-feira.

Haddad deu entrevista por telefone à Rádio Super Notícia, de Minas Gerais. “Tenho maturidade suficiente para entender o comportamento das pessoas, e na política você sempre tem que ter postura de acolhida, sobretudo com quem pensa parecido com você. O Ciro é meu companheiro de longa data. Tenho certeza que ele vai fazer uma fala dura nesta reta final e nos vamos vencer juntos”, disse o candidato do PT.

A última pesquisa Ibope/Estado/TV Globo de intenção de votos, divulgada em 23 de outubro, aponta Bolsonaro com 57% dos votos válidos, contra 43% de Haddad. Na entrevista para a rádio, o candidato do PT voltou a reclamar que o adversário evitou todos os debates previstos para o segundo turno e usou isto para tentar chegar ao nicho militar de votos do rival. “Como uma pessoa que tem como estratégia fugir vai ser o comandante em chefe das Forças Armadas? Não tem cabimento uma coisa dessas”.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel