Dinheiro em Ação

Guilherme Paulus se afasta do Conselho da CVC

Guilherme Paulus se afasta do Conselho da CVC

Papéis Avulsos

Guilherme Paulus, fundador e presidente do Conselho de Administração da operadora de turismo CVC Brasil, afastou-se do cargo na semana passada. A decisão foi anunciada devido à Operação Descarte, da Polícia Federal (PF), que investiga lavagem de dinheiro na limpeza urbana em cidades de São Paulo e Minas Gerais. Para a PF, a CVC Operadora e Agência de Viagens TUR, pertencente a Paulus e sem relação com a CVC Brasil, teria pago R$ 37 milhões ao grupo Soma, que atua no setor, em troca de serviços de consultoria jurídica. O pagamento da CVC TUR teria sido feito a uma das intermediárias do esquema. Em nota, a GJP, holding de Paulus, declara que “está à disposição da Justiça e aguarda mais informações a respeito do processo para se pronunciar”.

 

Quem vem lá

Ri Happy pode captar R$ 970 milhões em IPO

A rede de varejo Ri Happy, especializada na venda de brinquedos, informou, na semana passada, a faixa de preço das ações para sua abertura de capital na bolsa. Os papéis serão negociados entre R$ 20,30 e R$ 26,30. A definição do preço está prevista para o dia 27 de março. Se vender as ações pelo preço máximo, a empresa pode captar R$ 970 milhões. A data da oferta, a primeira a ser realizada em 2018, está marcada para o dia 29 de março.

 

Telecomunicações

Sócios da Oi contrários à recuperação judicial perdem direito a voto

A Justiça do Rio de Janeiro retirou os direitos de voto de dois acionistas da Oi: a Pharol, antiga Portugal Telecom, e o Société Mondiale, fundo do empresário Nelson Tanure. Ambos são contrários ao plano de recuperação judicial da companhia. Eles contestam o nível de diluição dos sócios atuais para pagar os credores e também questionam a proposta de aumentar o capital da Oi em até R$ 12 bilhões, aprovado pelo Conselho na semana passada. As ações sobem 6,3% no ano.

 

Touro x Urso

O Ibovespa perdeu o patamar de 85 mil pontos ao recuar 0,91% na semana passada, até a quinta-feira, 8. O principal índice da Bolsa foi pressionado pelas medidas protecionistas adotadas pelo governo dos Estados Unidos ao aço e ao alumínio, o que derrubou as cotações dos papéis das siderúrgicas. Além disso, as ações da Vale, que representam 9,6% do índice, recuaram 3,2%, como reflexo da queda no preço do minério de ferro.

 

Destaque do pregão

Lucro da Embraer cai 82%

A Embraer lucrou R$ 117,2 milhões no quarto trimestre do ano passado, uma queda de 82% em relação ao mesmo período de 2016. De acordo com Vitor Suzaki, analista da Lerosa Investimentos, o resultado foi impactado por uma despesa não-recorrente de US$ 50 milhões com o aprimoramento do jato militar modelo KC-390. Nesse período, o faturamento da aviação comercial encolheu de R$ 3,9 bilhões para R$ 2,6 bilhões na comparação anual, uma queda de 33%. Após a divulgação dos resultados, as ações caíram 2,8%. “A baixa foi ampliada pela redução das margens operacionais, que caíram de 11,1% para 8,7% no trimestre”, diz Suzaki. Em 2017, a companhia presidida por Paulo Cesar de Souza e Silva lucrou R$ 795,8 milhões, avanço de 35,9% na comparação anual.

Palavra do analista:
De acordo com Vitor Suzaki, da Lerosa investimentos, o ano de 2018 será um importante período de transição para a companhia em meio ao início das vendas da segunda geração do jato E-190, produzido para aviação comercial.

 

Aviação

Gol reverte prejuízos no quarto trimestre

A Gol lucrou R$ 5,7 milhões no quarto trimestre do ano passado, revertendo um prejuízo de R$ 102,9 milhões no mesmo período de 2016. A volta ao lucro da empresa presidida por Paulo Kakinoff deveu-se a um aumento de 6,8% no transporte de passageiros, que subiu para 8,1 milhões de pessoas. No acumulado de 2017, a companhia informou um lucro de R$ 19,2 milhões, queda de 97,7% ante os R$ 849 milhões de 2016. O resultado foi prejudicado por R$ 70,5 milhões em perdas cambiais. As ações sobem 31% no ano.

 

 

Mercado me números

PETROBRAS
US$ 4,3 bilhões – É o valor da linha de crédito compromissado que a petroleira contratou com 17 bancos, com prazo até março de 2023

BTG PACTUAL
R$ 50 bilhões – Foi o total de fusões e aquisições assessoradas pelo banco em 2017, representando 45,8% do total do ano passado

LOJAS AMERICANAS
R$ 284,7 milhões – Foi o montante que a varejista lucrou no quarto trimestre do ano passado, avanço de 11,4% ante 2016

LOCALIZA
R$ 133 milhões – Foi o lucro líquido da locadora de veículos no quarto trimestre de 2017, alta de 27,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior

CSU
29,5% – Foi o crescimento do lucro da processadora de transações financeiras em 2017, avançando para R$ 45,2 milhões ante R$ 34,9 milhões em 2016