Economia

Guedes: transformação que Bolsonaro quer fazer no país passa por ‘enfrentamento’

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira, 16, durante evento no Palácio do Planalto, que a transformação que o presidente da República, Jair Bolsonaro, quer fazer no País passa por um “enfrentamento”.

“O BNDES está há anos tentando fazer seu aperfeiçoamento, mas manteve ainda diretrizes que não são novas”, disse Guedes – que participou nesta terça, juntamente com Bolsonaro, da cerimônia de posse do novo presidente do BNDES, Gustavo Montezano.

O ministro da Economia afirmou, ainda, que Estados e municípios no Brasil estão “quebrados”. Ao mesmo tempo, citou o chamado “Plano Mansueto”, formulado para auxiliar no curto prazo a recuperação dos Estados.

Guedes também brincou com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM-GO), presente ao evento. “Caiado também é vítima de orçamento baixo”, lembrou. “Já nos reunimos três ou quatro vezes com o Mansueto. Ou o plano tem problema, ou o governador deve estar segurando alguma estatal que ele não quer soltar. Se ele soltar, o dinheiro vem”, disse.

O ministro da economia afirmou ainda que o novo pacto federativo é o “mais importante”, mas “vem mais à frente”. “As gestões estaduais e municipais estão engessadas”, acrescentou.