Economia

Grupo sueco Saab entrega primeiro caça ao Brasil

O grupo sueco de defesa e aeronáutica Saab entregou seu primeiro caça Gripen ao Brasil nesta terça-feira (10), conforme previsto no contrato assinado em 2014, um acordo em investigação pela Justiça brasileira.

A cerimônia de entrega do dispositivo ocorreu em Linkoping (sul), na presença dos ministros da Defesa dos dois países.

“O Gripen aumenta a capacidade operacional das Forças Aéreas Brasileiras e estimula uma aliança que garante a transferência de tecnologia para o Brasil e incentiva a pesquisa e o desenvolvimento industrial nos dois países”, disse o ministro Fernando Azevedo e Silva.

O Brasil concluiu em 2015, após anos de negociações e dúvidas, a compra de 36 aviões Gripen produzidos pela fabricante Saab no valor de 4,5 bilhões de dólares.

Brasília receberá o último avião em 2024 conforme o contrato, que também prevê uma transferência de tecnologia. Das 36 aeronaves, 15 serão fabricadas no Brasil.

As condições de atribuição do contrato estão sendo examinadas no Brasil, onde ainda está em aberto uma investigação por corrupção contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Ministério Público investiga a suposta entrega de comissões ao filho do ex-presidente Luis Claudio, que teria conseguido influenciar o governo de Dilma Rousseff pela compra do Gripen.