Negócios

Grupo de shoppings compram parte da Forever 21

Crédito: Divulgação/Reprodução

Grupo adquiriu US$ 81 milhões de participação nos negócios da Forever 21 (Crédito: Divulgação/Reprodução)

Um grupo que inclui o Simon Property Group, Brookfield Property Partners e Authentic Brands, adquiriu US$ 81 milhões de participação nos negócios da Forever 21, segundo a CNBC.

O Simon Property Group e o Brookfield Property Partners são empresas que controlam vários shoppings. E como uma forma de manter os consumidores dentro de seus estabelecimentos, pretendem continuar com as lojas da rede de vestuário com as portas abertas.

A disputa com os gigantes do comércio eletrônico têm sido agressiva para o setor de shoppings. A mudança de hábito do consumidor fez com que os corredores desses empreendimentos e vários espaços de lojas ficassem vazios por todo o mundo.

No mercado de shoppings, está claro uma estratégia. Lojas âncoras, normalmente grandes redes de vestuário, e unidades do setor de alimentação e cinemas garantem o fluxo de pessoas nos empreendimentos. O que torna uma lógica coerente não deixar que as portas das varejistas fechem e os clientes desistam de frequentar o local.

Para se ter noção da importância da Forever 21 para o grupo de empresas, somente a Simon Property Group têm mais de 100 lojas da rede em seus centros de compras.

Segundo a CNBC, em 2016, a Simon e a General Growth Properties, que agora pertencentes à Brookfield, resgataram a Aeropostale da falência, mantendo o varejista em seus shoppings.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel