Negócios

Grupo Boticário deixa de usar o termo “Black Friday”

Crédito: Arquivo / IstoÉ Dinheiro

O objetivo da empresa é chamar a atenção do mercado sobre a origem da expressão (Crédito: Arquivo / IstoÉ Dinheiro)

Após diversas companhias apoiarem a luta antirrascista, hoje (29) o presidente do Grupo Boticário, Artur Grynbaum, publicou na sua página no LinkedIn um adeus ao termo “Black Friday”. O objetivo da empresa é chamar a atenção do mercado sobre a origem da expressão.

“A dois meses da ‘Black Friday’ nos deparamos com um incômodo recorrente: há anos conversamos sobre a possível origem do termo ‘Black Friday’, sobre a ausência de dados científicos que comprovem que ele realmente não se relaciona à questão da escravatura. Então, respeitando os movimentos que sentem desconforto com o termo, não teremos mais o termo Black Friday no Grupo Boticário”, anunciou Grynbaum.

+ Lojistas já esperam Black Friday sem público nas lojas e planejam vendas
+ “Queremos estimular o turismo de natureza na retomada da economia”, diz diretora da Fundação Grupo Boticário

O executivo aponta que há riscos de perdas para o negócio, pelo pouco tempo de adaptação da estratégia e do público. Mas diz que a empresa está comprometida em seguir com o projeto mesmo assim.

“Com muito entusiasmo convido aqui minhas e meus colegas, lideranças empresariais em todo o país para se juntarem a nós e repensarem suas Black Fridays, batizando-as com outros nomes, que façam sentido para cada empresa e setor”, explica.

Agora, o Grupo Boticário batizou o período de descontos como “Beauty Week”. O comunicado não ofereceu mais detalhes sobre a mecânica da promoção. O grupo é dono das marcas: O Boticário, Eudora, quem disse berenice?, MultiB, Beauty Box, Vult, Beleza na Web e Eume.

Na publicação, o CEO também ressalta que, em 2019, a companhia criou uma área de Diversidade, Inclusão e Equidade, que pretende implementar projetos que possam ser uma referência no país.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?