Edição nº 1142 14.10 Ver ediçõs anteriores

Green card mais difícil

Os brasileiros que planejam se mudar para os Estados Unidos e solicitar o visto de empresário e investidor, o EB-5, terão de desembolsar, no mínimo, US$ 900 mil a partir de 1º de novembro. Antes, era possível conseguir o visto com US$ 500 mil. “Isso irá afastar muitos investidores que não têm a disponibilidade desse montante ou que não queiram deixar o dinheiro imobilizado por mais de cinco anos”, diz Fernando Guerrero, diretor da consultoria Golden Gate Global, empresa americana especializada em vistos e green card para pessoas de alta renda. O Brasil é, atualmente, o sexto país que mais envia pessoas para os EUA dessa forma. A mudança nas regras vai na contramão da política de aproximação do governo brasileiro com a Casa Branca.

(Nota publicada na Edição 1137 da Revista Dinheiro)


Mais posts

A aposta segura de Neeleman

O empresário David Neeleman (foto à dir.), fundador da Azul Linhas Aéreas e sócio da portuguesa TAP, segue apostando parte de sua [...]

R$ 4 milhões em brownies

Em 2013, depois de testar 130 receitas de brownies e cookies, os sócios Francisco Veiga Salgado e Carolina Tellechea Cerqueira abriram em Florianópolis (SC) as portas da Browneria. Em cinco anos, o faturamento saltou de R$ 150 mil para R$ 2,5 milhões. E deve chegar a R$ 4 milhões em 2019, depois da abertura da […]

“O que destruiu a Venezuela não foi o socialismo, mas a mistura de nacionalismo com corrupção”

Maria Teresa Belandria, embaixadora da Venezuela no Brasil

A caminho dos R$ 10 bilhões

A Veedha, escritório destacado pela XP Investimentos em 2019, vai turbinar seu time de executivos e sócios para ampliar de R$ 3 bilhões [...]

A união do audiovisual

Um dos grandes desafios da indústria cinematográfica é equilibrar o tripé sobre o qual ela se apoia: produção, distribuição e exibição. [...]
Ver mais