Agronegócio

Grãos/CNA: exportações pelos portos do arco Norte crescem 487,5% de 2009 a 2020

São Paulo, 11 – Em 2020, as exportações de soja e milho pelos portos do Arco Norte, no Norte do Brasil, somaram 42,3 milhões de toneladas, o que representou aumento de 487,5% em relação a 2009, informou em nota a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com base em estudo da própria entidade.

Segundo a CNA, entre 2009 e 2020, a produção de grãos acima do Paralelo 16, que engloba as Regiões Norte e Nordeste e parte do Centro-Oeste, cresceu 92,6 milhões de toneladas, o que representa uma alta de 165,3%. Nesse mesmo período, o Brasil registrou uma variação de 119,4 milhões de toneladas produzidas (+110,5%) e 89,3 milhões de toneladas exportadas (+205,7%).

O vice-presidente da CNA e presidente da Comissão Nacional de Infraestrutura e Logística da entidade, Mário Borba, destacou a importância de se avançar em obras de infraestrutura para reduzir os custos dos transportes no Brasil. “A pavimentação da BR-163, que vai de Mato Grosso ao Pará, por exemplo, permitiu a redução dos custos de transportes de grãos em 26%, contribuindo para o envio desses produtos para os portos do Arco Norte”, disse.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel