Giro

Grammy Awards tornará diversidade parte do contrato de cerimônia de premiação

Grammy Awards tornará diversidade parte do contrato de cerimônia de premiação

YG se apresenta com John Legend na 62ª edição do Grammy Awards em Los Angeles

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) – O Grammy Awards se comprometeu a contratar uma equipe diversificada de pessoas para trabalhar dentro e fora dos palcos na produção da cerimônia de entrega dos principais prêmios da indústria musical, disseram os organizadores nesta quarta-feira.

A Recording Academy disse estar adotando um chamado “piloto de inclusão” em seu contrato com os produtores da cerimônia do Grammy de janeiro de 2022 para impulsionar a diversidade em todos os níveis.

O piloto de inclusão obrigará a empresa que produz o evento a “fazer o seu melhor para recrutar, testar, entrevistar e contratar, dentro e fora dos palcos, pessoas que são historicamente e sistematicamente excluídas da indústria.”



A organização disse que esse é o primeiro grande evento de premiação musical a se comprometer a adotar um piloto de inclusão.

“Estamos empenhados em promover um ambiente inclusivo em toda a indústria e esperamos que nossos esforços sirvam de exemplo para nossos colegas na comunidade musical”, disse o presidente-executivo da Recording Academy, Harvey Mason Jr., em comunicado nesta quarta-feira.

A Recording Academy faz parceria com a organização sem fins lucrativos “Color of Change” por justiça racial na iniciativa de adoção do piloto de inclusão.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7316T-BASEIMAGE

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago