Economia

Governo vai enviar sua proposta de reforma tributária ‘na hora certa’, diz Cintra

O secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, afirmou que o governo vai enviar a sua proposta de reforma tributária “na hora certa”. “Vamos fazer tudo na hora certa”, disse a jornalistas rapidamente, após reunião com o presidente da República. Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto.

Questionado se o governo terá, de fato, um texto próprio, Cintra reafirmou que sim. “Vai, nós vamos mandar uma proposta.”

De acordo com ele, ainda está em discussão se a reforma será encaminhada pelo Câmara ou pelo Senado. “Estamos discutindo ainda, o ministro (da Economia, Paulo Guedes) que vai dizer”, declarou.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou esta semana que o governo está construindo um texto de reforma tributária para apresentar uma “junção de propostas” entre o que defende o Executivo, a Câmara e o Senado. “O governo está construindo um texto de reforma tributária que seja consenso”, afirmou Alcolumbre.

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é importante que o Executivo apresente uma proposta de sua autoria para que os parlamentares possam discutir o tema. “É bom o governo mandar uma proposta própria de reforma tributária para discutirmos”, afirmou.

Maia acrescentou que o governo não tem data para encaminhar a proposta de reforma tributária.