Economia

Governo quer vender imóveis em praias e criar ‘Cancúns brasileiras’

Crédito: Pexels

O projeto prevê o lançamento de uma fase piloto voltada a Angra dos Reis (RJ), Maragogi (AL), Cairu (BA) e região de Florianópolis (SC) (Crédito: Pexels)

O governo federal planeja tornar o litoral brasileiro mais atrativo para investidores e turistas. O plano é privatizar ou conceder áreas públicas em praias do país para estimular o investimento de grupos hoteleiros e o recebimento de cruzeiros internacionais. A intenção é construir no litoral brasileiro diferentes Cancúns —destino mexicano famoso pelos resorts.

De acordo com a Folha de S.Paulo, o projeto prevê o lançamento de uma fase piloto voltada a Angra dos Reis (RJ), Maragogi (AL), Cairu (BA) e região de Florianópolis (SC).

+ Governo conta com privatização da Eletrobras até janeiro, diz secretário

Se for para frente o projeto, imóveis à beira-mar seriam privatizados para a construção de hotéis e resorts. Além disso, o governo prevê conceder à iniciativa privada ativos inalienáveis —como faixas de areia, áreas de ilhas e espelhos-d’água para a construção de infraestruturas como píeres e marinas.

Até mesmo a concessão do forte do Morro de São Paulo, construção de 1630 protegida pelo Patrimônio Histórico Nacional, que fica no município baiano de Cairu, estaria nos planos de privatização.

Chamado de Praias do Brasil, o programa é  liderado pelo Ministério da Economia em parceria com as pastas do Turismo, Meio Ambiente e Infraestrutura.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel