Economia

Governo pede ao Congresso regime de urgência ao projeto que institui a CBS

Crédito: Pexels

A mensagem está publicada em edição extra do Diário Oficial da União que circula na noite desta terça-feira, 21. Se aprovado o pedido de urgência, o projeto terá prioridade na tramitação (Crédito: Pexels)

Após enviar a primeira fase da sua proposta de reforma tributária ao Congresso Nacional, o governo federal pediu ao Legislativo que seja atribuído o regime de urgência ao projeto de lei. A mensagem está publicada em edição extra do Diário Oficial da União que circula na noite desta terça-feira, 21. Se aprovado o pedido de urgência, o projeto terá prioridade na tramitação.

+ Tostes: cada empresa vai pagar o CBS sobre o que ele agrega; será não cumulativo
+ Economia: No CBS, entidades financeiras mantêm forma de apuração antiga 

A proposta entregue hoje aos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, trata da unificação do PIS e da Cofins, os dois tributos federais sobre o consumo, com a criação da Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS), que terá alíquota de 12%.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?