Negócios

Governo não trabalha com a prorrogação do auxílio emergencial, afirma Waldery

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Advocacia-Geral da União apresentou um recurso contra decisão da Justiça que determinou o pagamento de duas parcelas de R$ 600 aos amapaenses (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, repetiu nesta sexta, 20, que o governo não trabalha com a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial, que acabará em dezembro este ano.

“O auxílio é uma despesa primária adicional de R$ 321,8 bilhões, um número significativo, legítimo, justificado e contido em 2020. O auxílio teve e ainda tem um papel importante, mas tem um alto custo fiscal. Do nosso ponto de vista técnico, temos o dever de apresentar à sociedade esse impacto”, completou.

+ Caixa abre 711 agências neste sábado para saque do auxílio emergencial
+ Auxílio emergencial: veja todos pagamentos até o final de 2020

O secretário evitou responder sobre a possibilidade de pagamento de parcelas adicionais do auxílio às pessoas afetadas pelos sucessivos apagões no fornecimento de energia no estado do Amapá.



Advocacia-Geral da União apresentou um recurso contra decisão da Justiça Federal do Amapá que determinou o pagamento de duas parcelas de R$ 600 aos amapaenses. A AGU alegou que a medida custaria de R$ 418 milhões à União. “O governo está atento e Diversas medidas estão sendo analisadas, e os ministros devem se pronunciar no momento adequado”, limitou-se a responder.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago