Economia

Governo lançará agenda para a ‘indústria 4.0’ durante ‘mini Davos’ em SP

O governo vai aproveitar o Fórum Econômico Mundial para a América Latina, também conhecido como “mini Davos”, que será realizado em São Paulo na semana que vem, para lançar uma “agenda pragmática” para que a indústria brasileira caminhe em direção ao que vem sendo chamado de “indústria 4.0” ou a quarta Revolução Industrial, disse a subsecretária do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MIDC), Yana Alves, durante evento do Insper nesta quinta-feira, 8.

“Muito mais do que políticas como tantas outras, essa é uma agenda que queremos que seja pragmática”, disse ela, que representou no evento o ministro interino Marcos Jorge, que está em viagem ao Paraguai.

O protagonismo da transformação e modernização da indústria brasileira, ressalta Yana Alves, não está no governo. “Está nas empresas, nos prestadores de serviços, na sociedade, na academia e em todos os operadores que possam fazer melhor uso dessas tecnologias”, disse ela. “As grandes decisões práticas de investimento e de modernização são dos empresários.”

O caminho para a indústria 4.0 passa pelo aumento da produtividade, fator “absolutamente necessário” para enfrentar a competição e o ambiente de negócios, ressaltou a subsecretária no evento, que discute a quarta Revolução Industrial.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago