Giro

Governo interino da Bolívia destina 10% do orçamento para a saúde

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, anunciou que destinará 10% do orçamento nacional para a área da saúde visando melhorar e fortalecer a atenção médica para a população.

“Foi feito um grande sacrifício financeiro ajustando o orçamento, e conseguimos destinar 10% do nosso orçamento geral para a saúde de todos os bolivianos”, afirmou.

Bolivian Senator Jeanine Anez gestures after she declared herself as Interim President of Bolivia, in La Paz, Bolivia November 12, 2019. REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

 A presidente Jeanine Áñez quer fortalecer a área de saúde da Bolívia     Carlos Garcia Eawlins/Reuters/direitos reservados

Jeanine disse ainda que há recursos disponíveis de mecanismos de cooperação internacional para reforçar ainda mais essa área.

O ministro de Economia, José Luis Parada, disse que buscará executar em sua totalidade os 10% do Orçamento Geral da Nação para a atenção médica.

Ele criticou o governo do ex-presidente Evo Morales, que acusou de não ter “ordenamento nem controle” dos gastos.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?