Giro

Governo francês mantém reforma da Previdência, mas faz concessões

Governo francês mantém reforma da Previdência, mas faz concessões

O primeiro-ministro francês Edouard Philippe revela os detalhes do plano de reforma previdenciária perante o CESE (Conselho Econômico, Social e Ambiental), em Paris - POOL/AFP

O governo francês anunciou nesta quarta-feira que manterá sua controversa reforma da Previdência, apesar de sete dias de greve nos transportes públicos e dois dias de protestos nacioanis, mas ofereceu algumas concessões aos manifestantes.

A reforma não será aplicada aos franceses nascidos antes de 1975, segundo afirmou o primeiro-ministro Edouard Philippe, em um discurso muito esperado no qual revelou o conteúdo integral da reforma, prometida pelo presidente Emmanuel Macron durante a campanha presidencial.

O premiê afirmou ainda que as garantias que o governo francês deu nesta quarta sobre a reforma previdenciária justificam o fim da greve e as manifestações que abalam o país há uma semana.

“Parece-me que as garantias que demos aos setores mais preocupados da população justificam a retomada do diálogo e que a greve que penaliza milhões de franceses seja interrompida”, afirmou Philippe em seu discurso.

Veja também

+ Bolsonaro posta foto com filha e rebate crítica: “Já tomou Caracu hoje?”

+ Faça em casa receita de pudim com milho e leite condensado

+ Ex-capa da Playboy é presa acusada de tráfico de drogas em rede de prostituição

+ Com bumbum à mostra, Ivy Moraes filosofa no Instagram

+ Saiba por que as farmacêuticas vêm testar vacinas no Brasil

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Auxílio emergencial: Caixa credita hoje parcela para nascidos em janeiro

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?