Economia

Governo formaliza pedido de ajuste no Projeto do Orçamento para viabilizar Censo

O governo federal formalizou em ofício enviado ao Congresso Nacional um pedido de ajuste no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2022 para viabilizar a realização do Censo Demográfico do ano que vem.



A solicitação é endereçada ao relator do Orçamento de 2022, deputado Hugo Leal (PSD-RJ), e à presidente da Comissão Mista do Orçamento (CMO), senadora Rose de Freitas (MDB-ES).

De acordo com o pedido, o Censo deverá contar com R$ 2,293 bilhões, acima dos R$ 2 bilhões antes estabelecidos pelo governo.

O ajuste vem após o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informar que o primeiro valor seria insuficiente para realizar o estudo.

A formalização via ofício vem seis dias após o governo ter informado ao Supremo Tribunal Federal (STF), por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), que tomaria a medida.



A gestão do presidente Jair Bolsonaro chegou a abrir mão de realizar neste ano o Censo, considerado fundamental para a formatação de políticas públicas, após um novo corte no Orçamento. No entanto, acabou obrigado pelo STF a promover a pesquisa, embora apenas no ano que vem.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?