Negócios

Governo eleva a R$9,96 bi bloqueio no Orçamento de 2022 mesmo sem prever reajuste a servidor

Crédito: Bruno Domingos/Reuters

Moedas de reais; Governo elevou bloqueio no Orçamento de 2022 (Crédito: Bruno Domingos/Reuters)



Por Bernardo Caram

BRASÍLIA (Reuters) – O Ministério da Economia anunciou nesta sexta-feira um bloqueio de 9,961 bilhões de reais no Orçamento de 2022 para evitar um descumprimento do teto de gastos, conforme relatório bimestral de receitas e despesas, apesar de ter melhorado levemente sua projeção para o déficit primário neste ano.

Crítica de Musk a rankings ESG destaca confusão de indústria de US$35 tri

Governo mantém planos para leilão de 7ª rodada de aeroportos em julho, diz ministro



Projeção do governo para receitas com dividendos de estatais cai R$ 3,2 bi

O novo número inclui o 1,7 bilhão de reais que já havia sido bloqueado no primeiro bimestre.

De acordo com o ministério, o montante não considera reajustes salariais a servidores que tenham impacto superior a 1,7 bilhão de reais, valor já reservado para essa finalidade no Orçamento deste ano.


O governo ainda não entrou em acordo com as categorias, embora estude um aumento de 5% a todo o funcionalismo a partir de julho, o que teria custo de 6,3 bilhões de reais neste ano e aumentaria a pressão sobre as contas federais.

A previsão de estouro do teto de gastos foi ampliada, segundo a pasta, por conta de aumentos nas estimativas de gastos com sentenças judiciais (4,8 bilhões de reais), Proagro (2 bilhões de reais) e Plano Safra (2,3 bilhões de reais).

O detalhamento do corte de recursos, com a distribuição de ministérios que sofrerão cortes, deve ser apresentado pelo governo até o encerramento do mês.

O bloqueio orçamentário para atender ao teto é diferente do mecanismo de contingenciamento, que é adotado quando há risco de descumprimento da meta fiscal.

Ao longo do ano, se o Ministério da Economia revisar as contas e perceber que houve alteração dessa margem, o bloqueio poderá ser revertido ou ampliado.

No início deste mês, o secretário do Tesouro Nacional, Paulo Valle, citou preocupação sobre risco de shutdown da máquina pública ao afirmar que maio seria desafiador porque o cenário das contas públicas apenas ficaria mais claro no segundo semestre. Na ocasião ele disse que o governo trabalhava para que não ocorresse uma paralisação de serviços.

O valor do contingenciamento foi antecipado pelo presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira, quando ele disse que novas despesas geraram a necessidade de um corte de cerca de 10 bilhões de reais no Orçamento, acrescentando que o montante do bloqueio chegará a 17 bilhões de reais no caso de um reajuste de 5% para servidores.

FOLGA NA META

Em relação ao resultado primário, o governo agora estima que 2022 seja encerrado com um rombo fiscal para o governo central de 65,5 bilhões de reais, equivalente a 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB), diante da perspectiva de maior arrecadação. No relatório de março, a estimativa era de um déficit de 66,9 bilhões de reais, também igual a 0,7% do PIB.

Se for concretizado, o resultado representará uma sobra de 111,7 bilhões de reais em relação à meta fiscal.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias estabeleceu uma meta fiscal de déficit de 170,5 bilhões de reais para este ano. O Orçamento, porém, foi aprovado com a previsão de um rombo menor, de 76,2 bilhões de reais.

Pelas novas contas, o governo aumentou a projeção de receitas líquidas em 36,3 bilhões de reais, na comparação com o relatório apresentado em março, a 1,722 trilhão de reais. As despesas estimadas, por outro lado, foram elevadas em 34,9 bilhões de reais no ano, a 1,788 trilhão de reais.

O ministério informou que os números ainda não incluem a possível receita de outorga proveniente da privatização da Eletrobras, de aproximadamente 25,4 bilhões de reais. A operação foi aprovada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) nesta semana.

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4J0WD-BASEIMAGE







Tópicos

4% 5% 8% 9 acompanhar requerimento alistamento de jovens alistamento eleitoral alta no alistamento andre janones André Janones 0 Avante benefícios e prejuízos da polarização bloqueio de 9 bilhões de reais bloqueio no Orçamento Bolsonaro Bolsonaro 35% candidato à Presidência candidato com maior crescimento em redes candidatos candidatos a presidência candidatos nanicos Ciro como terceira via Ciro é mais rejeitado do que Lula Ciro Gomes Ciro Gomes 3 Confederação Nacional dos Transportes consultoria Bites contas do governo crescimento do pib crescimento do Produto Interno Bruto Data das eleições 2022 déficit primário déficit primário neste ano Edson Fachin educação maior retorno ao país eleições 2022 eleições 2022 data segundo turno Eleições 2022 lula eleições 2022: quais cargos eleições de 2022 emenda constitucional emenda que limita o crescimento das despesas à inflação engajamento estratégias de campanha evitar descumprimento teto gastos ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Facebook Instagram intenção de voto espontâneo intenção de voto estimulada investimento em educação investir em educação Jair Bolsonaro Jair Bolsonaro 27 Janones Janones deputado federal João Dória 0 João Dória governador de São Paulo João Dória mal nas pesquisas jovens entre 16 e 18 anos Juiz de Fora Justiça Eleitoral Justiça Eleitoral pesquisa intenção de votos lei da responsabilidade fiscal Lei de Diretrizes Orçamentárias líder em pesquisas de intenção de voto lives Lula Lula - 33 Lula e Bolsonaro no segundo turno Lula mantém liderança Lula tem 42% Lula vence no segundo turno Lula vencedor projeções maior crescimento nas redes sociais maiores reservas internacionais da história marketing político medidas orçamento melhor relação com a dívida pública meta fiscal Minas Gerais Ministério da Economia ministro Edson Fachin montante não considera reajustes salariais a servidores não manterá o teto de gastos se for eleito número de seguidores Orçamento orçamento Brasil 2022 participação nas eleições pesquisa eleitora CNT Pesquisa eleitoral Bahia 2022 pesquisa para a Presidência pesquisa PoderData PIB Plano Safra plataforma plataformas políticas polarização eleitoral polarização nas Eleições 2022 política fiscal política no Brasil presidência presidenciável com maior crescimento presidenciável com o maior crescimento nas redes sociais Presidente do TSE presidente Jair Bolsonaro proagro Quitação eleitoral reajustes salariais a servidores Regularizar título de eleitor online rejeição de Ciro Gomes relação dívida/PIB relatório bimestral de receitas e despesas responsabilidade fiscal Resultado primário Resultados eleições 2022 rombo fiscal segundo turno eleições 2022 sentenças judiciais terceira via além de Lula e Bolsonaro teto de gastos teto incluído na Constituição texto constitucional título de eleitor Título de eleitor online TSE TSE acompanhar requerimento tse consulta Twitter Updated Youtube