Internacional

Governo dos EUA teria suspendido temporariamente novas restrições à Huawei

Crédito: AFP/Arquivos

Huawei disse que jamais fez qualquer tipo de ato ilegal contra seus clientes e que Estados Unidos acusam sem provas (Crédito: AFP/Arquivos)

Enquanto o governo dos Estados Unidos discute a aplicação de mais restrições à Huawei, uma fonte informou que teve início negociações internas para aliviar a situação para a gigante Chinesa, segundo informações publicadas pela agência de notícias Bloomberg.

Wilbur Ross, secretário de Comércio dos Estados Unidos, avisou, na quinta-feira, que está quase saindo do forno um pacote de mais restrições para a Huawei. Oficiais de Trump suspeitam que a empresa fez espionagem por meio de seus equipamentos.

Esta proposta, conforme revela a fonte à Bloomberg, teria sido congelada, ao menos, temporariamente. Segundo noticiado hoje pelo Wall Street Journal, o Departamento do Tesouro e o Pentágono também teriam se posicionado contra o aperto à gigante da tecnologia.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança