Economia

Governo deve editar MP suspendendo recolhimento de FGTS

Crédito: Marcos Corrêa/PR

A MP deve ser apresentada ao público pela equipe de Paulo Guedes na próxima semana (Crédito: Marcos Corrêa/PR)

O governo federal deve editar nos próximos dias uma Medida Provisória (MP) que dará às empresas a possibilidade de adiarem o recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) dos empregados por quatro meses. Como aconteceu no ano passado, essa suspensão é temporária e terá de ser compensada pelo patrão após o período previsto.



Essa é uma tentativa do governo de amenizar os efeitos da pandemia nas empresas, ainda mais neste momento de recrudescimento da pandemia da covid-19 em todo o País.

+ Economias regionais mantêm recuperação no quarto trimestre de 2020
+ Doria: no pior momento da pandemia, presidente exalta ‘chega de mimimi’
+ Por que a retomada econômica será lenta

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a MP deve ser publicada na próxima semana e agora o governo define somente se o período de suspensão durará três ou quatro meses.

Outro ponto que deve entrar na Medida é a antecipação de férias, mesmo que o funcionário não tenha completado o período mínimo entre uma pausa e outra para sair de férias novamente.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?