Giro

Governo da Venezuela se dispõe a ajudar Manaus a obter oxigênio

Crédito: Reprodução/Divulgação

Nas redes sociais, o chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, afirmou que o governo de Nicolás Maduro auxiliará o Amazonas a obter oxigênio. (Crédito: Reprodução/Divulgação)

O chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, manifestou solidariedade à população de Manaus, que enfrenta uma crise na saúde devido à segunda onda da Covid-19. Nas redes sociais, nesta quinta-feira 14, ele afirmou que o governo de Nicolás Maduro auxiliará o Amazonas a obter oxigênio.

+ Porta-voz da Índia põe em dúvida exportação de vacinas ao Brasil
+ Número de infectados pela covid-19 no Brasil chega a 8,32 milhões



“Por instruções do presidente Nicolás Maduro, conversamos com o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, para colocar imediatamente à sua disposição o oxigênio necessário para atender a contingência sanitária em Manaus. Solidariedade latino-americana antes de tudo!”, escreveu Arreaza.

O diplomata se pronuncia após a fornecedora de oxigênio em Manaus declarar que tenta obter o insumo na Venezuela. Segundo a empresa White Martins, há ‘demanda exponencial’ de oxigênio hospitalar, cinco vezes maior do que o normal, muito acima da sua capacidade de produção diária.

“A White Martins já identificou a disponibilidade de oxigênio em suas operações na Venezuela e neste momento está atuando para viabilizar a importação do produto para a região”, comunicou a empresa em nota.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia