Economia

Governo cria projeto de lei para privatização dos Correios

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O modelo, que ainda está em análise, tem um leilão previsto para meados de 2021. A estatal será a primeira da lista de privatizações em 2020 (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Fabio Faria, ministro das Comunicações, entregou ao presidente Jair Bolsonaro, na manhã desta quarta-feira (14), o projeto de lei para a privatização dos Correios. O texto, que já foi assinado por Paulo Guedes, vai passar pela Subchefia de Assuntos Jurídicos (SAJ) e pela Casa Civil antes de ir para o Congresso.

Deputados e senadores decidirão se a estatal deve ou não ser vendida em 2021. Segundo uma estimativa do Uol, o negócio deve resultar em uma receita de R$ 15 bilhões.

+ Imóveis dos Correios entram em leilão nesta semana 
+ ‘Governo quer filé com osso na venda dos Correios’

Entre a lista de privatizações, a dos Correios será a primeira a ser proposta pelo governo em 2020. O modelo, que ainda está em análise, tem um leilão previsto para meados de 2021, de acordo com O Globo.



Juntamente com o projeto de lei, o Ministério das Comunicações encaminhou a criação da Agência Nacional de Comunicações (Anacom), que trataria da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e da regulação sobre os serviços do Sistema Nacional de Serviços Postais.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago