Economia

Governo considera pausar prestações de imóveis por até 6 meses, diz Caixa

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, Guimarães disse nesta sexta-feira, 27, que o governo considera pausar as prestações de imóveis por até seis meses. Inicialmente, foi postergado o pagamento por dois meses – pedido já feito por cerca de 800 mil famílias. Agora, o governo ampliará para três meses.

BB começa a disponibilizar prorrogação de parcelas de dívidas de pequena empresa

Caixa anuncia redução de juros e pausa de 60 dias apara pagamento de dívidas

“Se a crise se intensificar, vamos continuar postergando parcelas em todas as linhas. Pode chegar a até seis meses”, declarou Guimarães.

Ele destacou que os juros do cheque especial e o rotativo do cartão de crédito chegaram na quinta a 2,9% ao mês, mas que a intenção é reduzir ainda mais.

“Faremos isso matematicamente”, declarou Guimarães. “A população terá mais dinheiro sobrando para pagar contas”, disse.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel