Giro

Ministério da Saúde assina contrato para compra de 20 milhões de doses da Covaxin

Crédito: Reprodução/Bharat Biotech

As primeiras 8 milhões de doses do imunizante devem começar a chegar já no mês de março. O investimento total é de R$ 1,6 bilhão. (Crédito: Reprodução/Bharat Biotech)

O Ministério da Saúde informou ter assinado nesta quinta-feira. 25, um contrato para compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin, desenvolvida pela empresa indiana Bharat Biotech. Segundo a pasta, o investimento total é de R$ 1,6 bilhão. O acordo foi fechado com o laboratório Precisa Medicamentos, que tem uma parceria com a Bharat Biotech e deve receber as doses importadas da Índia.

As primeiras 8 milhões de doses do imunizante devem começar a chegar já no mês de março, em dois lotes de 4 milhões a serem entregues entre 20 e 30 dias após a assinatura do contrato.

+ FDA permite armazenar vacinas anticovid da Pfizer a temperatura normal de congeladores

Em abril, o Governo Federal espera receber outras 8 milhões de doses de imunizantes importados da Índia, no prazo de 45 e 60 dias após oficialização da compra. Em maio, é esperado o último lote de doses, com 4 milhões de unidades.



A Covaxin não tem testes realizados no Brasil, nem aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para uso emergencial. O laboratório que produz a vacina, até agora, tem apenas as “Boas Práticas de Fabricação”.

O Ministério da Saúde distribuiu, esta semana, mais 3,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 para ampliar ainda mais a vacinação no Brasil. Todos os estados e Distrito Federal estão recebendo as 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford, importadas da Índia, e 1,2 milhões de doses do imunizante do Instituto Butantan.

Com esse novo lote, o Governo Federal já distribuiu mais de 15 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 desde o dia 18 de janeiro, início da campanha de vacinação. Até julho, a pasta prevê o envio de mais de 200 milhões de doses, vacinando, assim, 50% da população brasileira.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago