Negócios

Governadores querem discutir política de preços com a Petrobras, diz Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que os governadores querem discutir a política de preços dos combustíveis no País com a Petrobras. Os administradores estaduais se reuniram com Pacheco mais cedo e manifestaram resistência ao projeto que altera a cobrança de ICMS sobre os preços do produto.



Os Estados temem queda de arrecadação com a mudança, aprovada na Câmara. Pacheco afirmou que o projeto será discutido pelo Senado.

Na quarta, o senador sugeriu mudar a proposta para liberar os Estados a definirem suas próprias alíquotas para o imposto e alterar as datas de referência da mudança, minimizando as perdas para os cofres estaduais.

“Os governadores disseram muito da importância de discutir uma política de preços dos combustíveis no Brasil e a própria participação da Petrobras nessa discussão, uma empresa evidentemente muito lucrativa, e que bom que ela seja lucrativa, que é importante tomar parte dessa discussão do projeto”, disse Pacheco em entrevista no Senado.

Outras reuniões devem ser agendadas para discutir o projeto. Pacheco e os governadores devem buscar uma agenda com a diretoria da Petrobras para debater o assunto.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?