Edição nº 1134 19.08 Ver ediçõs anteriores

Google volta a investir em robótica

Google volta a investir em robótica

Sete anos depois dos primeiros investimentos do Google na área de robótica – e da interrupção dos trabalhos por conta das acusações de assédio contra o líder do projeto, Andy Rubin – a empresa volta a operar no segmento, de acordo com o jornal The New York Times. Agora, no entanto, o objetivo é outro. Se antes o foco estava na criação de robôs que imitassem os movimentos e as características humanas, agora o Google deve se concentrar em produzir softwares com capacidade de treinar as máquinas para aprender tarefas operacionais, como separar produtos em um armazém. A companhia não pretende construir robôs, e sim concentrar os esforços em software. O hardware deve ser fornecido por empresas parceiras.

(Nota publicada na Edição 1114 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Nike lança assinaturas

Plataformas tecnológicas foram as que mais se aproveitaram para a reinvenção de segmentos a partir de assinaturas – Netflix é um [...]

Tá buscando o quê?

Mais das metades das buscas no Google geram zero clique. No restante, 9 em cada 10 clicam em links orgânicos e 1 nos links [...]

Tecnologia tá dizendo: seu comportamento é genético

Pesquisadores da Universidade Utah Health, liderados por Christopher Gregg, tentam entender a relação entre comportamento e genética. E [...]

DiDi cria empresa para carro autônomo

Líder global em transporte por aplicativo, a DiDi – dona da 99 no Brasil – anunciou que sua unidade de veículos autônomos, criada em 2016, será transformada em uma empresa independente. A decisão foi tomada para concentrar, e acelerar, produtos e soluções de P&D. O atual head de tecnologia da DiDi, Bo Zhang, será CEO […]

A onda Podcast

(Nota publicada na Edição 1134 da Revista Dinheiro)
Ver mais