Negócios

Google vai gastar U$ 224 mi com bônus de bem-estar a funcionários

Crédito: Pixabay

Google começa a testar o Topics já no primeiro trimestre deste ano (Crédito: Pixabay)

O Google anunciou nesta quarta-feira (8) um bônus equivalente a U$ 1.600 para seus funcionários em todo o mundo. A ideia é auxiliar no trabalho remoto e criar um “bônus de bem-estar” a seus colaboradores durante a pandemia de Covid-19.



A gigante de tecnologia conta com aproximadamente 140 mil funcionários em todo o mundo, o que indica que a empresa gaste U$ 224 milhões com o bônus.

+ Google paga multa de 500 milhões de euros à França por direitos conexos
+ Marília Mendonça foi o nome mais buscado no Google em 2021; veja lista completa

Com o isolamento social e mudança de rotina no trabalho devido à crise sanitária, uma pesquisa do Google de 2020 indicou queda no bem-estar de seus trabalhadores. Para isso, o Google já havia anunciado uma série de benefícios, incluindo um bônus de U$ 500.

O Google adiou o retorno presencial ao escritórios, o que estava definido para janeiro. Com a nova variante Ômicron, o retorno ao trabalho presencial ainda não tem data.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!