Giro

Google testa recurso que agrega vídeos do TikTok e do Instagram

Crédito: Reprodução/Divulgação

O resultado final é que os usuários do Google são mais propensos a permanecer no Google, pois basta um toque na seta para trás para retornar a pesquisa (Crédito: Reprodução/Divulgação)

O Google está testando um novo recurso que irá trazer destacar os vídeos do Instagram e TikTok em seu carrossel dedicado no Google app para dispositivos móveis.

No início deste ano o Google introduziu pela primeira vez um carrossel de “Vídeos Curtos” no Google Discover – o feed personalizado é encontrado no aplicativo móvel do Google e à esquerda da tela inicial em alguns dispositivos Android.

+ Google lucra 34 bilhões de euros com paraíso fiscal das Bermudas
+ Google e Facebook coordenaram sua resposta antitruste, diz imprensa

Para ser claro, este carrossel de “vídeos curtos” é diferente dos Stories do Google, que foi lançado em outubro de 2020 para o aplicativo de pesquisa do Google para iOS e Android. Esses “Stories” consistem em conteúdo de vídeo de formato curto criado por parceiros de publicação on-line do Google.



A expansão para incluir conteúdo do Instagram e TikTok neste carrossel foi relatada pela primeira vez pela Search Engine Roundtable. Eles conseguiram acessar o recurso pesquisando “packers” no Google app e, em seguida, rolando a página para baixo.

O resultado final é que os usuários do Google são mais propensos a permanecer no Google, pois basta um toque na seta para trás para retornar aos resultados da pesquisa depois de assistir ao vídeo.

O Google afirmou que é um recurso limitado em estágio inicial. Em outras palavras, você ainda não encontrará o carrossel de vídeos em todas as consultas de pesquisa. Mas, com o tempo, à medida que o Google dimensiona o produto, ele pode se tornar uma ferramenta interessante para indexar e revelar o melhor conteúdo de vídeo da mídia social – a menos, é claro, que as plataformas optem por impedir o Google de fazer isso.

O recurso está atualmente disponível de forma limitada no Google app para dispositivos móveis e na web móvel, disse a empresa.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel