Giro

Google suspende o aplicativo ‘Trump 2020’ da Play Store

Crédito: Reprodução/Divulgação

O Android observou que o aplicativo não foi capaz de carregar nenhum conteúdo e parecia ter sido retirado do ar. Não receberam atualização desde a eleição (Crédito: Reprodução/Divulgação)

O Google suspendeu o aplicativo da campanha Trump 2020 da Google Play Store por violações de política, confirmou a empresa, após um relatório do Android que observou que o aplicativo não foi capaz de carregar nenhum conteúdo e parecia ter sido retirado do ar. Tanto a versão Android do aplicativo quanto sua versão iOS foram deixadas online desde as eleições de novembro de 2020, mas não receberam atualizações recentes – o que provavelmente contribuiu para os problemas de estabilidade do aplicativo.

+ Trump segue vociferando, Biden o ignora

De acordo com o relatório do Android, o aplicativo estava travando, não conseguia carregar o conteúdo e relatou problemas de conectividade. Entendemos que o problema estava como eles descreveram – quando os usuários baixavam o aplicativo, ele ficava pendurado na tela de carregamento inicial com um logotipo “T” girando ou informava imediatamente um erro de servidor na inicialização. Em qualquer dos casos, ele nunca carregaria a experiência do aplicativo.

Avaliações recentes de usuários na Play Store observaram esses problemas, dizendo coisas como “não abre”, “o aplicativo nem funciona”, entre outros. Um usuário até pediu ao desenvolvedor que respondesse às inúmeras reclamações, dizendo “por favor, responda aos comentários das pessoas. Não está carregando”. Outro insinuou que os problemas eram culpa do Google, observando “funcionou muito bem, até o Google cancelá-lo”.

O Google, porém, não o cancelou. O aplicativo Trump 2020 para Android já estava tendo problemas por algum tempo antes de o Google tomar essa atitude.

O Google disse ao site TechCrunch que o aplicativo não foi banido da Play Store, apenas suspenso por não funcionar. Ele pode ser restabelecido se os problemas forem resolvidos. A empresa também disse que tentou entrar em contato com o desenvolvedor do aplicativo antes de retirá-lo do ar, mas não obteve resposta.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago