Edição nº 1117 18.04 Ver ediçõs anteriores

Google sai na frente da Amazon e lança entrega por drone na Austrália

Google sai na frente da Amazon e lança entrega por drone na Austrália

A Alphabet, controladora do Google, recebeu na terça-feira 9 autorização de um órgão regulador da Austrália para fazer entregas por meio de drones na capital, Canberra. O serviço, que é gerenciado pela startup Wing, estará disponível para um conjunto limitado de cerca de 100 residências e deve ganhar escala de maneira gradativa. Os clientes podem pedir alimentos frescos, café e remédios, entre outros itens, por meio de um aplicativo e terão os produtos em mãos em poucos minutos. A Wing testa esse serviço desde 2014 no país e, nos últimos 18 meses, concretizou 3 mil entregas. O lançamento do serviço deixa a Amazon para trás. O presidente da gigante americana de varejo, Jeff Bezos, estava otimista e havia sinalizado ao mercado em 2013 que iria disponibilizar as entregas por meio de drones até 2018. A Amazon até fez alguns testes no Reino Unido, mas não conseguiu vencer obstáculos pontuais, como a vida útil da bateria e a falta de autorização dos órgãos reguladores. Agora, perdeu o timing para a concorrência. Depois desse importante passo na Austrália, a Alphabet pretende levar o serviço para a Europa. Helsinque, capital da Finlândia, foi o local escolhido pela companhia para realizar os primeiros testes no continente. O motivo? Os cidadãos finlandeses são famosos por serem entusiastas de novas tecnologias.

(Nota publicada na Edição 1116 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Primeiras impressões do Galaxy Fold

O smartphone dobrável da Samsung deve ser lançado dia 26 deste mês (não no Brasil), uma sexta-feira, ao preço de US$ 1.980 (cerca de R$ [...]

Metadados para prever quem morre em “GOT”

Esta nota contém spoiler. Uma equipe da Universidade Técnica de Munique (TUM) desenvolveu um algoritmo para prever quem vai morrer na [...]

Europa aprova projeto de Direito Autoral na internet

Uma controversa proposta para garantir que artistas e editores de notícias sejam pagos por suas produções na era digital foi aprovada [...]

140 milhões

É o número de smartphones vendidos na Índia em 2018, a nova aposta global após estagnação da China (Nota publicada na Edição 1117 da Revista Dinheiro)

Como o brasileiro passa seu tempo digital

(Nota publicada na Edição 1117 da Revista Dinheiro)
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.