Gestão e Carreiras

Google prioriza candidatos negros em seu programa de estágio no Brasil

Uma das novidades do processo é que inglês fluente não será exigido. Na visão do Google, este é um dos principais fatores excludentes

Google prioriza candidatos negros em seu programa de estágio no Brasil

Crédito: Getty/AFP/Arquivos

Em busca de aumentar a representatividade em seu quadro de funcionários, o Google anunciou que seu programa de estágio Next Step, dará prioridade a candidatos negros. Com 20 vagas no total e duração de dois anos, ele acontecerá em paralelo com o processo de estágio de seis meses. Todo estudante com previsão de conclusão de curso até o segundo semestre de 2021 pode se inscrever até o dia 22 de fevereiro.

Uma das novidades do processo é que inglês fluente não será exigido. Na visão do Google, este é um dos principais fatores excludentes deste público. “Estima-se que menos de 5% da população brasileira fala um segundo idioma e que essa porcentagem é expressivamente menor entre jovens negros. Um ambiente de trabalho mais diverso estimula a inovação, parte essencial do nosso DNA”, explicou Fabio Coelho, presidente do Google, em post no blog da empresa que falar sobre o processo. Para tal, a própria empresa irá disponibilizar o curso da língua para os selecionados

Não há dados sobre a representatividade negra no Google Brasil, porém nos Estados Unidos o grupo ocupa 2,5% das vagas do buscador.

Quem ajudará no processo é a consultoria Empodera, especializada em diversidade no mercado de trabalho.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?