Geral

Dia da Consciência Negra: Google lança plataforma dedicada à cultura afro-brasileira

Crédito: Google/Divulgação

Arte de Robinho Santana, na mostra virtual que o Google promove para celebrar o Dia da Consciência Negra (Crédito: Google/Divulgação)

O Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, vai ganhar uma celebração especial neste ano. O Google Arts & Culture acaba de lançar o projeto virtual Consciências negras, plataforma que reúne uma seção dedicada à arte, à cultura afro-brasileira e à ancestralidade negra.

O objetivo é promover um mergulho na temática em parceria com 15 instituições culturais.

+ Covid-19 ampliou desigualdade entre negros e brancos no mercado de trabalho
+ Negros ocupam trabalhos menos qualificados, mesmo com diploma

A plataforma terá 31 exposições, sendo 13 delas inéditas. Heloisa Hariadne, Pegge, Robinho Santana e Jess Vieira vão retratar histórias de protagonismo negro.



A programação tem ainda a coleção de 600 obras digitalizadas do Museu de Arte da Bahia, retratadas pela primeira vez em alta-resolução.

Entre as instituições que terão obras na amostra estão a Pinacoteca de São Paulo, Museu da Pessoa, Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Belo Horizonte, Instituto Moreira Salles, Museu Nacional, Museu de Arte Moderna Rio, Museu Oscar Niemeyer.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel