Economia

Google e RME iniciam a capacitação de mais de 50 mil mulheres empreendedoras

Crédito: Reprodução/Site Potência Feminina

Denominado de "Potência Feminina", o projeto visa a capacitação de mulheres (Crédito: Reprodução/Site Potência Feminina)

O Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME) iniciou nesta segunda-feira (11) o projeto “Potência Feminina”, com apoio do Google.org (braço filantrópico do Google).

O programa vai treinar mulheres nos temas de empreendedorismo, empregabilidade e tecnologia, e gerar apoio a negócios liderados por elas por meio de capacitação, mentoria, aceleração de negócios e capital semente.

+ Os sindicalistas do Google

Ao final de dois anos, o Potência Feminina vai atender a mais de 50 mil mulheres em 10 estados brasileiros. A seleção das mulheres ocorreu por meio de organizações sociais via edital.



As oficinas de empregabilidade e empreendedorismo, que foram iniciadas, tem conteúdos práticos como, por exemplo, o aprimoramento na confecção de um currículo mais competitivo, e conteúdos técnicos.

O Instituto RME treinou tutores locais para aplicação das capacitações e forneceu computadores e acesso à internet às Organizações da Sociedade Civil que apoiarão a disseminação dos cursos em 10 comunidades.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel