Economia

Google e Facebook estendem planos de trabalho remoto

Google e Facebook estendem planos de trabalho remoto

Maioria dos trabalhadores da Google deve trabalhar de casa até o final deste ano - GETTY IMAGES/AFP/Arquivos

A Google e o Facebook anunciaram à maioria de seus funcionários que eles continuarão trabalhando em casa até o final do ano, como parte de uma resposta dos gigantes da tecnologia à pandemia de coronavírus.

O executivo-chefe Sundar Pichai disse à equipe da Google em uma reunião geral que sua política de trabalho remoto será estendida até 2021, confirmou a gigante do Vale do Silício nesta sexta-feira.

Quarentena impediu 40 mil mortes em São Paulo, estima governo estadual

Doria estende quarentena em São Paulo até 31 de maio

Esperava-se que qualquer retorno aos escritórios fosse incremental e escalonado, de acordo com a empresa.

A notícia veio junto com relatos da mídia americana de que o Facebook também está deixando seus funcionários realizarem seus trabalhos remotamente até o final do ano.

Os funcionários da Google que precisarem retornar aos escritórios poderão fazer isso no próximo mês ou dois, com medidas adicionais de segurança em vigor devido a preocupações com coronavírus, mas a maioria da equipe continuará trabalhando em casa.

O plano atualizado do Facebook é reabrir escritórios no início de julho, mas permitir que as pessoas trabalhem em casa, se preferirem até 2021, de acordo com relatos.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel