Giro

Goldman Sachs recomenda compra de ações da CSN

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Os preços mais altos do minério de ferro, causados principalmente pelo aumento da demanda na China, devem contribuir para elevar o valor das ações da CSN. (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Os preços mais altos do minério de ferro, causados principalmente pelo aumento da demanda na China, devem contribuir para elevar o valor das ações da CSN. Nesta terça-feira (15), o Goldman Sachs elevou a recomendação de neutro para compra, mantendo o preço-alvo em R$ 35, ao avaliar que a empresa é a principal beneficiária dos preços mais altos do minério de ferro.

+ CVM divulga calendário 2021 para entrega de informações periódicas
+ Bolsas da Europa fecham mistas, com Brexit e covid-19 pesando

De acordo com o Valor Invest, o banco norte-americano considera que, após o impacto inicial da covid-19, os preços surpreenderam o mercado. Além disso, considera que o setor ainda será atraente em 2021.

A expectativa é que haja o início de um ciclo de alta em quase todos os metais devido à falta de crescimento da oferta e ao aumento da demanda impulsionado por estímulos governamentais em diversos países.

O Goldman Sachs, em seu último relatório, ampliou o preço-alvo da tonelada do minério de ferro de US$ 95 para US$ 120 no ano que vem.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel