Giro

Globo é condenada a pagar R$ 150 mil por chamar torcedor de criminoso

Crédito: Reprodução YouTube / Bom Dia SP

Um torcedor de futebol teve sua imagem divulgada injustamente numa reportagem da TV Globo (Crédito: Reprodução YouTube / Bom Dia SP)



Um torcedor de futebol teve sua imagem divulgada injustamente numa reportagem da TV Globo e receberá uma indenização da emissora de R$ 150 mil.

Na reportagem do dia 16 de fevereiro, a imagem de R.M. foi exibida no programa Bom Dia São Paulo, que o acusava de ser o responsável por um roubo que ocorrera no dia anterior no Aeroporto de Congonhas. Na matéria, R.M é chamado de criminoso.

A TV usou a imagem veiculada no dia 12 de fevereiro, quando R.M. foi detido pela polícia, após uma discussão em entorno do Allianz Parque, na Barra Funda, em São Paulo. O palmeirense foi ao local para assistir pela televisão a final do campeonato mundial em que seu time jogou contra o Chelsea, em Abu Dhabi.

William Bonner negocia sair do JN e continuar na Globo, diz colunista




“Não há qualquer dúvida de que o autor [do processo] não era o agente do roubo no Aeroporto de Congonhas, muito embora, por equívoco injustificado, sua imagem tenha sido veiculada como tal”, disse a juíza Thania Cardin, da Justiça de São Paulo, segundo o Uol.

O torcedor queria uma indenização de R$ 1 milhão, mas a juíza considerou o valor excessivo. Cardin também determinou que a Globo exclua em definitivo a imagem do homem de suas plataformas.

A Globo ainda pode recorrer da condenação e argumentou que não teve responsabilidade pelo erro, pois veiculou informações oficiais de fontes policiais.