Negócios

A galope, Burger King toma espaço do McDonald’s

Baseado nos relatórios de mercado das duas redes, a Empiricus detectou que, entre 2011 e 2016, a novata Burger King abocanhou um terço da operação do McDonald's no Brasil.

Crédito: Divulgação

Lanchonete do Burger King: expansão baseada no aumento do consumo de refeições fora de casa (Crédito: Divulgação)

A rede de hamburgueres Burger King vem ganhando consistentemente participação de mercado de fastfood, até então dominado pela americana McDonald’s.

Baseado em relatórios de mercado das duas redes, além de um estudo da Euromonitor, a Empiricus apontou que, entre 2011 e 2016, a novata Burger King abocanhou um terço da operação do McDonald’s no Brasil.

Atualmente, o Burger King possui 628 lojas abertas, enquanto que a rede do palhaço possui 910 lojas. A maior em número de lojas, no entanto, é da Subway, com 2.257 portas abertas no País.

Segundo a Empiricus, o Burger King possuía, em 2011, 8% de market share no Brasil. Dobrou em 2012. Quase triplicou em 2013. E seguiu esse rítmo até o ano passado, quando bateu na marca de 31,6% de share.

A rede concorrente, por outro lado, trilhou caminho oposto. Saiu de 76,1% em 2011, caiu para 67,6% em 2012, e seguiu assim até chegar em 52,2% em 2016. Ou seja, foram 23,9 pontos percentuais de share cedidos à rede que tem Jorge Paulo Lehmann e seu grupo, o 3G Capital, como principais acionistas.

O IPO do Burger King está marcado para a próxima segunda-feira, 18. A expectativa do grupo é de levantar até R$ 1,9 bilhão com a oferta de 106,5 milhões de ações. A ISTOÉ DINHEIRO desta semana fez uma avaliação sobre a abertura de capital. Leia mais aqui.