Estilo

Galeria de Florença pede que Alemanha devolva obra roubada por nazistas

Quadro “Vaso de Flor”, do holandês Jan van Huysum, foi saqueada por tropas alemãs durante a Segunda Guerra Mundial

Galeria de Florença pede que Alemanha devolva obra roubada por nazistas

O quadro "Vaso de Flor" foi pintado no século 18 pelo holandês Jan van Husysum

A direção da galeria de arte Uffizi, em Florença, pediu à Alemanha que devolva o quadro “Vaso de Flor”, pintada no século 18 pelo holandês Jan van Huysum, e roubada por soldados nazistas em 1944, durante a Segunda Guerra Mundial.

Eike Schmidt, diretor da entidade, disse em um comunicado na terça-feira (1) que o início do novo ano foi uma boa oportunidade para a pintura de natureza morta ser devolvida.

“Devido a esse caso que afeta a herança da galeria Uffizi, as feridas da Segunda Guerra Mundial e do terror nazista ainda não foram curadas”, disse ele.

Uma réplica em preto e branco está pendurada no lugar da peça original, junto com placas que dizem “roubada” em italiano, inglês e francês.

A pintura desapareceu por várias décadas depois de ser transferida para um castelo na província de Bolzano, no norte da Itália, e ressurgiu na década de 1990. Schmidt afirmou que “vários intermediários” tentaram, desde então, exigir resgates “absurdos” para o retorno da obra ao seu local de origem.

“A Alemanha ainda tem o dever moral de devolver esse trabalho ao nosso museu, e espero que o estado alemão possa fazê-lo o mais rápido possível – juntos, obviamente, com todas as obras de arte saqueadas pelo exército nazista”, afirmou.

Segundo a direção da galeria, o exemplar original está em uma coleção particular de uma família alemã, que recusou “inúmeros pedidos do Estado italiano” para visitar o museu Uffizi.

O valor da pintura não foi confirmado. No entanto, Schmidt disse que, porque a pintura é legalmente propriedade do Estado italiano, ela não pode ser vendida. Em 2013, um outro quadro de natureza morta pintado por van Huysum foi vendido em leilão em Nova York por US$ 218 mil.