Política

Futuro presidente da OAB-SP critica recriação de auxílio-moradia para juízes

O presidente eleito da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP), Caio Augusto Silva dos Santos, criticou a recriação do auxílio-moradia para juízes aprovada nesta terça-feira, 18, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Pela proposta aprovada, o benefício poderá ser de até R$ 4.377,73, com previsão de reajuste anual. A resolução, entretanto, prevê regras mais restritivas do que as que vigoravam anteriormente.

“É uma sinalização ruim para a sociedade. No momento econômico difícil que vivemos, esses caminhos não soam nada bem e são inoportunos para o momento do País”, disse o futuro presidente da entidade ao Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. Ele também criticou o recente reajuste salarial de 16,38% a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmando que vê a medida com “muita preocupação”.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?