Economia

FUP chama protesto dia 3 contra venda da Rlam e outros ativos da Petrobras

A Federação Única dos Petroleiros (Fup) e sindicatos filiados programam para o dia 3 um ato nacional contra a venda da Refinaria Landulpho Alves (Rlam) e demais ativos da Petrobras, e uma possível privatização da estatal. Segundo a Fup, prosseguem em paralelo ações judiciais contra a venda da Rlam e de todos os ativos de refino da companhia.



A Petrobras anunciou nesta terça-feira, 30, que assinou a transferência da Rlam, agora Refinaria de Mataripe, para o Mubadala Capital, por US$ 1,8 bilhão. A nova controladora, Acelen, assume a unidade amanhã, 1º de dezembro.

De acordo com a Fup, na Justiça Federal da Bahia está em curso ação civil pública demonstrando o risco da criação de monopólio regional privado, com impactos negativos para o consumidor, decorrente da privatização da Rlam, a segunda maior refinaria do País. Também na Justiça Federal da Bahia corre uma ação popular, de autoria da Fup, sindicatos de petroleiros e do senador Jaques Wagner (PT-BA), contra a venda da Rlam, que questiona o preço pago pelo Mubadala Capital (US$ 1,8 bilhão), metade do que era previsto pela Petrobras, segundo a Fup. O valor também foi questionado pela XP Investimentos.

“Além dessas iniciativas, há ainda processo do Congresso Nacional para que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue o mérito da ação de inconstitucionalidade da venda de refinarias sem autorização do Poder Legislativo”, informou a Fup.

O coordenador-geral da Fup, Deyvid Bacelar, destacou que com a venda da Rlam está ocorrendo uma burla à Constituição Federal e à própria decisão anterior do Supremo Tribunal Federal (STF).

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



“Eles estão pegando ativos da empresa mãe, Petrobras, transformando-os em subsidiárias e vendendo essas subsidiárias, que foram criadas artificialmente. Com isso, fogem do processo de licitação e do crivo do Congresso Nacional”, afirmou.

Segundo Bacelar, “a gestão da Petrobras está se desfazendo de ativos importantes para o País, tornando-se uma empresa pequena, exportadora de óleo cru, suja ambientalmente. É preciso barrar essas privatizações”.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto