Negócios

Funcionário da Ambev é demitido após fazer comentários homofóbicos em rede social

Um funcionário da Ambev foi demitido após fazer comentários homofóbicos em uma rede social. A informação veio a público na última quarta-feira, 12, e chegou ao conhecimento do departamento de recursos humanos da companhia por meio do seu grupo de apoio aos colaboradores LGBTI+.

Segundo informações, ele teria compartilhado em uma rede social não especificada, uma notícia sobre um casal gay que foi impedido de alugar um imóvel no Rio de Janeiro pela dona da propriedade, por serem dois homens homossexuais.

+ Ambev: Machado Lira é eleito diretor Financeiro e de Relações com Investidores
+ Ambev contra o plástico

No post, feito em seu perfil pessoal, o agora ex-funcionário ainda teria comentado que “não alugaria um lugar seu para homossexuais” e que eles “nem são gente, [são] uma raça maldita”.

Em nota, a Ambev informou que “não aceita, em hipótese alguma, que as pessoas faltem com o respeito ou sejam preconceituosas. “Esse comportamento não é tolerado por nós. O funcionário já não faz parte da companhia. Reforçamos que sempre apoiaremos o respeito e todas as formas de amor.”

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?